Aviões Boeing da TAAG estão atrasados
11-09-2006 | Fonte: Folha 8 e SA
O ministro dos Transportes, André Luís Brandão, admitiu que ainda não existem condições para receber os novos aviões Boeing adquiridos pela transportadora aérea nacional TAAG, remetendo a chegada dos aparelhos para Outubro ou Novembro. “Não basta comprar aviões, temos que criar as condições para as aeronaves possam voar com segurança e continuidade quando chegarem ao país” afirmou o ministro, à margem da cerimónia de posse do novo Conselho de Administração da TAAG.

De acordo com o Folha 8, a entrega dos novos aviões deveria ter começado em Agosto, depois de ter sido anteriormente adiada a chegado do primeiro aparelho, inicialmente prevista para Julho. As declarações de André Luís Brandão, que não especificou as razões do novo adiamento, surgem poucos dias depois de terem circulado rumores de, alegadamente, a maioria dos pilotos e co-pilotos enviados pela TAAG para os EUA ter sido reprovada nos cursos que estão a frequentar na Boeing.

Outro jornal, o Semanário Angolense, publica sobre o assunto, na sua última edição, e citando um e-mail assinado pelo comandante Machado Jorge, que no anterior Conselho de Administração da Taag respondia pelas Operações, que apenas houve 5 reprovações num universo de 56 pilotos e co-pilotos, o que significa pouco menos de 9%, contrariando assim, o número anteriormente veiculado de 80%, de pilotos e co-pilotos que a Taag enviou a Seattle para os testes de aptidão para os Boeing 777-200 ER e 737-700.

Foto: Novo 777-200 ER da TAAG
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação