Uíge: Director da Saúde descarta ressurgimento da Febre hemorrágica de Marburg
12-12-2006 | Fonte: Angop
O director provincial do Uíge da Saúde, Bens Henrique Moco, descartou esta terça-feira, o ressurgimento da febre hemorrágica por vírus de Marburg.

Em declarações à Angop, Bens Henrique Moco, disse que apenas registam-se casos esporádicos no hospital local de hepatite não identificado, que causa febres altas e sangramento nas fezes.

Frisou que os casos registados no hospital local assemelham-se a cerose e câncer, cujas amostras já foram enviadas a capital do país, Luanda, para efeito de diagnóstico laboratorial.

Bens Henrique Moco referiu que quinze pacientes estão internados no hospital provincial do Uíge com casos idênticos e uma equipa técnica de saúde pública está a trabalhar nas áreas de proveniência dos doentes para se estudar minuciosamente a doença.

Interpelado sobre os casos de epidemia de cólera que se registam no Hospital Provincial do Uíge, o responsável sanitário realçou que o número de doentes está a baixar durante os últimos dias em comparação com os meses passados em que foram registados 20 casos por dia, devido as campanhas de sensibilização no seio da população.

Apelou a população da província no sentido de acatarem as medidas de prevenção do combate a cólera e outras doenças, através do consumo de água tratada e o saneamento básico nas comunidades.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação