«Existem pastores que fazem do registo eleitoral um negócio», diz Luís Nguinbi
12-04-2007 | Fonte: Rádio Ecclésia
O Secretário-geral do Conselho das Igrejas Cristãs em Angola (CICA), reverendo Luís Nguinbi, apelou hoje aos cidadãos a terem cuidado com certos pastores que apelidou de «pastores ordenados a meia-noite». Os mesmos, segundo Luís Nguinbi, têm feito do registo eleitoral um negócio.

Estes, disse Nguinbi, apresentam-se como verdadeiros servidores do ministério, ajudam a identificar as pessoas sem documentos para fazer da situação um negócio lucrativo.

O número um do CICA alerta aos brigadistas para este facto, e manifestando-se contrário a esta prática.

«Surgem em determinadas localidades pastores com estas práticas, fazendo cobranças o que é mau», frisou acrescentando que estes só sujam a imagem das igrejas e pastores que trabalham para o efeito.

Segundo denuncia o reverendo, Kuando Kubando, Lunda-Sul e outras províncias do nordeste do país, têm sido a porta de entrada destes supostos pastores, muitos deles provenientes da Republica Democrática do Congo.

«É nestas áreas onde aparecem muitos infiltrados que se identificam de pastores para enganar as pessoas com estas práticas», denunciou. «Nós reprovamos isto», acrescentou.

Recorde-se que, o CICA está engajado no projecto de sensibilização para o registo eleitoral com os seus monitores para paz, activos em todo país.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação