Yola e Freddy fugidos da Polícia
08-09-2007 | Fonte: Semanário Angolense
O modelo Fredy Costa, mister Angola 2004, e a sua mulher, a cantora Yola Araújo, estão em parte incerta, sem que a Polícia os consiga encontrar, depois de terem agredido barbaramente a actriz Tânia Burity. A agressão, que levou a actriz a sofrer uma intervenção cirúrgica de 3 horas e a ficar internada durante três dias numa clínica de Luanda, aconteceu no passado dia 31 de Agosto, em frente às instalações da Rádio Nacional de Angola.

Nesse dia, Yola Araújo terá telefonado várias vezes a Tânia Burity, sob o pretexto de estar a precisar de alguns conselhos. Tânia, que estava no cabeleireiro, tentou marcar para outra altura, até porque teria, a seguir, algumas actividades relacionadas com o concurso miss Luanda, entre as quais uma participação no programa radiofónico de Afonso Quintas, mas Yola insistia que teria que ser no mesmo dia.

Quando se preparava para ir ao programa, e atendendo a mais um telefonema de Yola, Tânia voltaria a dizer que o encontro não seria possível naquele momento, porque teria que ir à rádio. Terá sido o seu erro e tudo o resto vem a seguir: posta na rádio, acompanhada da miss Luanda, Fábia Gomes, deram no parque de estacionamento com Yola, vestida com um túnica lilás, calça azul e com o cabelo apanhado. As saudações foram cordiais e Yola mostrou-se até interessada em acompanhar as recém chegadas ao interior da rádio, já que também conheceria muito bem o apresentador do programa. Enquanto Fábia Gomes tentava a autorização de entrada (a habitual entrega de documentos confirmações telefónicas, etc.), Yola disse a Tânia que deixara os seus documentos no carro que estava no outro parque e pediu a esta que a acompanhasse para os ir buscar. Nada de estranho, eram apenas 21:00h, afinal.

Quando chegaram junto ao Toyota Prado de Fredy Costa, Yola disse: «Agora vamos conversar e vamos acabar com tudo de uma vez». No mesmo instante saíram do «porta-bagagem» do carro de Fredy e uma outra mulher. Yola dirigiu-se uma vez mais a Tânia e pediu que ela confirmasse o que lhe tinha dito e que estava a causar mal estar na relação do casal. Tánia, incrédula ante ao que estava a acontecer, disse que não tinha nada para confirmar.

«Tu sabes das relações do meu marido», terá dito Yola. Tânia iria a responder, quando foi atingida no rosto por um soco de Fredy. Seguiu-se um outro soco e uma «baçula», que terá levado o braço direito de Tánia a quebrar-se. Tal Freddy Krueger, o monstro sanguinário da série cinematográfica «Pesadelo em Elm Street», Fredy Costa estava cego de raiva e não parava de pontaper a mulher caída a seus pés. Yola não se deixava ficar atrás. De Fredy ouvia-se ainda o recado: «Não te metas na minha vida». Depois das repetidas agressões. Yola ter-se-á dirigido ao marido nos seguintes termos: «Enfia essa … no carro, vamos acabar com isso!».

Foi aí que Tânia conseguiu gritar mais alto por socorro, o que atraiu algumas pessoas, entre as quais Fábia Gomes, que a esperava na portaria. Só assim é que parou a agressão. O casal e a outra mulher foram-se embora e Tânia Burity foi levada para o interior das instalações da rádio, para de seguida dar entrada na clínica Espírito Santo, acompanhada por Afonso Quintas.

Apresentada queixa às autoridades, na manhã seguinte, a Polícia foi procurar o casal para o devido depoimento, mas não os encontrou em casa nesse dia e noutras ocasiões subsequentes. Ao que se sabe, o casal não está em casa de nenhum parente, pelo que está dado como fugitivo. «Sim, nós confirmamos a ocorrência, o facto está registado na Iª Divisão de Polícia, unidade que tem sob sua jurisdição o território onde se deu o incidente», adiantou o intendente Divaldo Martins, porta-voz do Comando Provincial da Polícia em Luanda.

Diz quem a conhece que Yola é muito ciumenta e que a relação com o marido tem sido marcada por muitas cenas de ciúmes e discussões, que já vêm do tempo de namoro.

Com efeito, a agressão a Tânia terá sido consequência de uma discussão do casal, ou seja: a relação entre o casal Yola e Fredy Costa e a amiga Tânia Burity era bastante cordial, sendo que Yola terá convidado Tânia e o noivo Osvaldo Graça a irem ver o jogo da final do Afrobasket em sua casa. Os noivos acabaram por não poder ir. Mas tempos antes, aquando da gravação do vídeo de uma música do último álbum de Yola, esta havia convidado Tánia e outras pessoas, entre as quais a manequim Branca Faial, a participarem nas filmagens, o que viria a acontecer. No final das gravações, Yola teria confidenciado às amigas que já não se importaria mais com as possíveis aventuras do marido, que estava ciente de ser uma mulher independente e auto-suficiente. «Não temos filhos e se ele se portar mal, será o adeus», terá avançado. Conhecendo-a como a conheciam, ciumenta, as amigas encontraram nestas palavras um progresso e um sinal de auto-estima. Depois Yola falou sobre os namoros de Fredy no passado, como que a mostrar que lidava bem com a situação. As amigas não evitaram a conversa, que abordou algumas relações de Fredy, antes de Yola. Porém, questionadas por ela, terão garantido que nada sabiam de relações actuais do seu marido fora do casamento. Na verdade, o que não sabiam é que, falando do passado, estavam a municiar a artista para pedidos de esclarecimento em casa.

Terá sido desta conversa que, depois, Yola teria pedido satisfações ao marido sobre coisas do passado. Provavelmente por isso é que quando estava a bater em Tãnia é que Fredy, furioso, lhe pedia para não se meter na sua vida. Ou seja, Yola Araújo, ao pedir satisfações sobre o passado do marido, terá dito que obteve as informações de Tânia Burity.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
A CASA de Abel Chivukuvuku:
  • Vai reforçar a prática da democracia
  • Não vai trazer nada de novo
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA
  • Vai retirar eleitorado a UNITA
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA e a UNITA