Sistema financeiro angolano conhece melhoria
16-11-2007 | Fonte: Jornal de Angola
O sistema financeiro angolano melhorou bastante nos últimos anos, mercê das medidas adoptadas pelo Banco Nacional de Angola (BNA) que deixou de assumir o duplo papel de banco emissor e banco comercial, segundo o economista Pedro Camuena.

Apesar do crescimento da banca, o especialista considera que se deve apostar cada vez mais nos quadros nacionais para manter o ritmo de crescimento.

De acordo com Pedro Camuena, o crescimento ou desenvolvimento do sistema financeiro não pode ser visto só na dimensão da existência de um forte capital monetário, mas também em termos de quadros. Daí haver necessidade de se investir de forma vigorosa e forte no capital humano.

Disse que como economista tem notado que os jovens que prestam serviços nos bancos angolanos têm tido capacidade suficiente para o seu exercício. Acrescentou que o sistema informático usado nos bancos angolanos são dos melhores que existe.

Na visão de Pedro Camuena que é também docente universitário, o sistema financeiro está a crescer em função do fluxo financeiro que Angola vai tendo a par dos outros sectores incorporados no sistema financeiro no caso das seguradoras.

O economista considera que o sistema segurador angolano tem tido avanços notáveis desde altura em que houve a liberalização dos serviços. Por este facto, surgiram a seguradora AAA (Angola, Agora e Amanhã), a ENSA (continua ainda que tenha perdido o monopólio), a Global Seguros, a Mundial Seguro, Nossa Seguros, dentre outras.

Quanto à bolsa de valores disse, apesar de ser um mercado de risco, é fundamental que seja implementada para o mercado financeiro. Para tal, devem ser criadas as condições objectivas e subjectivas sérias e eficazes com vista a garantir a segurança nas suas obrigações.

Para o economista, a bolsa é uma fonte de rendimento, pois permite que as empresas busquem financiamento, além das famílias poderem colocar os seus excedentes que podem contribuir para a economia nacional.

Quanto ao mercado cambial, reconhece a conquista feita pelo Governo nesse sentido. Mas alerta para a tomada de decisões com vista a diminuir o volume de importações no país.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica