Polícia desarticula esquema de venda de patentes, revela jornal Agora
05-02-2008 | Fonte: Agora
O comandante geral da Polícia Nacional Ambrósio de Lemos (na foto), despromoveu recentemente vários agentes da corporação que estavam envolvidos num esquema de compra de patentes de sargentos, sub-inspector, inspector e intendente.

A despromoção destes funcionários da corporação que estavam colocados na Unidade Operativa de Luanda, Direcção Nacional de Viação e Transito e no departamento dos Recursos Humanos do Comando Geral da Polícia, aconteceu depois de um longo processo de desmantelamento da organização ilegal que funcionava dentro da corporação.

De acordo com fontes do jornal «Agora», o esquema visava acima de tudo beneficiar os jovens recém – admitidos e os oficiais que há muito tempo não recebiam nenhuma promoção. Estes últimos, são os que mais se queixam da falta de atenção de todos os comandantes que até agora já passaram pelo cargo máximo na polícia.

Nos novos postos da Polícia Nacional que estão a ser abertos em zonas longínquas do centro da cidade, é visível o número de quadros da corporação que devido aos anos de experiência exercem cargos de chefias, sem nunca terem sido promovidos. Tal facto constitui uma violação a uma das alinhas do regulamento da corporação, que determina que os quadros devem ser promovidos em função do cargo que exercem.

O desejo de subir de categoria ou exibir nos ombros uns passadores superiores aos de sargento, apoderou-se dos recém-formados e estes estão a enveredar por vários caminhos ilícitos para alcançar tal objectivo.

Segundo ainda a mesma fonte, os efectivos que não têm «padrinho na cozinha», enveredam pelo esquema de compra de patentes.

Quem não precisa de se dar este trabalho são jovens polícias, cujos familiares ostentam altas patentes ou cargo de chefia dentro da corporação e que terão enviado bilhetinho aos responsáveis dos campos de treinamento, ou efectuado um simples telefonema. Fruto dessas «cunha», estes têm sido promovidos com facilidade, sem mostrarem competência para tal e quando interpelados pelos colegas, elegem que a ascensão se deve ao facto de estarem a frequentar o ensino superior.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
O que mais o marcou no campeonato do Mundo Brazil 2014
  • Arbitragem
  • Desempenho das Equipas Africanas
  • Casos extra-jogos
  • Estádios
  • Manifestações