PUBLICIDADE
Foi a «Batalha do Cuito Cuanavale» que obrigou os americanos a sentarem-se pela primeira vez com os cubanos – Dino Matross
19-03-2008 | Fonte: TPA
O antigo vice-chefe de Estado-maior das antigas FAPLA, Julião Mateus Paulo “Dino Matross” (na foto), considerou que a histórica «Batalha do Cuito Cuanavale», região sul do país, abriu o caminho para a independência da Namíbia e o fim do Apartheid na África do Sul.

“Foi o maior combate que se deu durante a guerra de quase 30 anos”, disse, acrescentando que foi aquela guerra que definiu a situação que se vivia na altura, tanto em Angola como na Namíbia e África do Sul, que no entanto foi obrigada a aceitar a negociar com as partes envolvidas no conflito.

“Até os americanos foram obrigados a reunir com os cubanos internacionalistas, eles que nunca tiveram reunido, essa batalha obrigou-se a reunir com todos, quer a África do Sul quer os americanos, tiveram que sentar para definir a situação da Namíbia, África do Sul e também de Angola”, disse o actual secretário-geral do MPLA partido no poder em Angola.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica