Morreu escritor angolano Henrique Abranches
09-08-2004 | Fonte: Angop
O escritor angolano Henrique Abranches morreu domingo na África do Sul vítima de acidente cardiovascular.

Segundo o escritor João Mello, que confirmou o facto à Rádio Nacional de Angola (RNA), Henrique Abranches se encontrava em tratamento naquele país desde o princípio da semana passada, onde foi transportado após o acidente cardiovascular.

Iniciou a sua actividade intelectual e criativa nos anos 50, tendo publicado os seus primeiros escritos em 1962 pela Editora Casa de Estudantes do Império (CEI), como "Di logo" (cenas da vida tradicional), "Manual de Etnografia" e "A Konkhava de Feti".

Considerado como um dos mais representativos escritores angolanos, aos 72 anos de idade, Henrique Abranches deixa como legado as obras "O Ovo Magentino", " O clã Novembrino", "Kisso de Guerra", "Misericórdia para o reino do Congo", "Os senhores do areal", entre outras.

Fruto do trabalho desenvolvido ao longo destes anos em prol da literatura angolana, o escritor venceu em 1981 o Prémio Nacional de Literatura, com a obra romanceada "A Konkhava de Feti" e em 1990 repetiu a proeza, ganhando o mesmo prémio com "O clã Novembrino".Em 1997 arrebatou o troféu cidade de Luanda.

A 19 de Agosto de 2000, o escritor nascido em Lisboa (Portugal), em 1932, colocou à disposição dos leitores a sua última obra intitulada "O Ovo Magentino".
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário