Perfil de alguns ministros do governo de Angola
02-10-2008 | Fonte: Angop
O governo de Angola, nomeado quarta-feira pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, apresenta 33 nomes, entre os quais alguns novos.

Eis o perfil de alguns novos ministros, segundo a Rádio Nacional de Angola:

Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação: José Carvalho da Rocha, de 46 anos de idade, é casado e pai de quatro filhos.

José Rocha tem uma licenciatura em Física e é mestrado em Electrotecnia e Telecomunicações. Até a sua nomeação ocupava o cargo de director geral do Instituto de Telecomunicações e de coordenador do projecto EntelNet.

Ao mesmo tempo, José Rocha é coordenador adjunto da Comissão de Implementação do Instituto Superior de Tecnologias de Comunicação e Informação.

Ministro da Juventude e Desporto: Gonçalves Muandumba, de 52 anos de idade, tem duas licenciaturas, sendo uma em Direito e outra em Ciências Sociais e Políticas.

Gonçalves Muandumba já foi secretário nacional da OPA, alto dirigente da JMPLA, primeiro director do INAC, governador da Lunda Sul e vice-ministro da Juventude e Desportos.

Ministro da Geologia e Minas: Mankenda Ambroise é formado em Geologia Económica e foi o primeiro engenheiro angolano a trabalhar na então Diamang, na era colonial.

De 62 ano de idade, Mankenda Ambroise exerceu igualmente outras funções e cargos de responsabilidades e foi co-fundador da Endiama, onde chegou a atingir o posto de director geral.

Professor titular da Universidade Agostinho Neto, o novo ministro da Geologia e Minas, pai de dói filhos, coordenou o processo Kimberlei, ponto focal da SADC e consultor internacional.

Até ao momento da sua nomeação exercia as funções de vice-ministro da Geologia e Minas.

Ministro das Relações Exteriores: Assunção Afonso Sousa dos Anjos, até então embaixador da República de Angola em Portugal, Nascido em Luanda, o novo chefe da diplomacia angolana fez os seus estudos universitários nas Faculdades de Direito de Coimbra e de Lisboa. Enquanto quadro do Ministério das Relações Exteriores, ocupou o cargo de Director para África e Médio Oriente. Exerceu também os cargos de Director de Gabinete do Primeiro Vice-Primeiro-Ministro, Director de Gabinete do Ministro do Planeamento e Director de Gabinete do Presidente da República com a categoria de ministro, sendo este último entre 1979 e 1993.

No período entre 1993 à 2008, exerceu o cargo de embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola no Reino de Espanha, em França em Portugal. É membro do Comité Central do MPLA.

Ministro da Hotelaria e Turismo: Pedro Mutindi, de 54 anos de idade, nasceu na povoação de Montero na comuna do Umbe, tendo aderido ao MPLA em 1974 através do programa Angola combatente.

Pedro Mutindi já foi professor do ensino de base, tendo igualmente exercido vários cargos partidários, governamentais e como deputado à Assembleia do Povo.

Até a data da sua nomeação Pedro Mutindi exercia as funções de governador provincial do Cunene e primeiro secretário do MPLA nesta região.

Dentre as várias condecorações, Pedro Mutindi ostenta a de Trabalhador de Vanguarda.

Ministro da Saúde: José Dias Van-Dúnem é um quadro destacado deste ministério, tendo ocupado já o cargo de delegado provincial da Saúde da Huíla, director do gabinete do Plano do Ministério da Saúde e de vice-ministro do sector

José Van-Dúnem, de 57 anos de idade, é casado, pai de cinco filhos e médico em Saúde Pública.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica