Huíla: Fome à vista em Chipindo
21-09-2009 | Fonte: Apostolado
Cenário de fome à vista no município de Chipindo, na Huíla, a mais de quatrocentos quilómetros a leste da cidade do Lubango. Tudo devido ao atraso na preparação das áreas de cultivo, por parte das populações locais, que se queixam da falta de meios para a prática de agricultura de subsistência, como charruas, enxadas e catanas.

Uma situação que preocupa o governo local. Isaac dos Anjos, Governador Provincial da Huíla ordenou a sensibilização das populações, para uma entrega abnegada à agricultura, a única fonte para a sobrevivência das populações rurais no país.

“ Isto está mau. Vai haver fome” – deplorou, antes de avisar que “ já não vai haver mais padre nem assistência da reinserção social”.

Segundo o governador, o tempo para este tipo de assistência já passou. “ Se vocês não trabalharem vão passar fome. Eu não vou mandar comida. Estão aqui os sobas e temos que pôr o povo a trabalhar” – alertou Isaac dos Anjos.

O Governador garantiu, no entanto, apoiar o desenvolvimento da agricultura no município do Chipindo.

Anunciou para o efeito a montagem nos próximos tempos de um silo para o armazenamento de milho produzido na localidade.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
O que mais o marcou no campeonato do Mundo Brazil 2014
  • Arbitragem
  • Desempenho das Equipas Africanas
  • Casos extra-jogos
  • Estádios
  • Manifestações