Girabola: Pela terceira vez campeonato tem 16 equipas
20-02-2010 | Fonte: Angop
O Girabola começou a ser disputado em 1979 e foi esta a edição que detém o número recorde de participação (24 equipas). Por ser o lançamento da competição, nesse ano procurou-se envolver todo o país, tendo a prova sido disputada por séries.

Assim, as 24 formações foram distribuídas em quatro grupos de seis formações cada uma. No final, as primeiras 14 equipas passaram a integrar a actual primeira divisão nacional. Esta edição foi ganha pelo 1º de Agosto.

Daí em diante, o Girabola passou a ser disputado no sistema de todos contra todos a duas voltas. Os últimos três classificados de cada época são despromovidos. Este número (despromovidos) no entanto sofreu alterações no decurso da prova, tendo já sido.

Entre 1980 e 1990 o Girabola foi disputado por 14 formações; seguiram-se dois anos com 16 equipas (1991 e 1992).

Seguiram-se os campeonatos “mais magros” em 1993 e 1994 com 12 formações, em consequência do conflito armado que impediu as formações do Huambo de participarem na maior competição desportiva do país.

A partir de 1995, voltou à normalidade (14 equipas) até ao ano passado, quando a Assembleia geral da FAF decidiu o aumento para 16 agremiações.

Em 1995, foi introduzido o novo sistema de pontuação, que atribui três pontos por vitórias (antes eram dois).

O Petro de Luanda com 15 títulos é a agremiação que mais vezes conquistou o Girabola, seguido pelo 1º de Agosto com nove.

Depois vêm o Atlético Sport Aviação (ASA) com três, 1º de Maio de Benguela com dois e com apenas uma conquista estão Interclube e Sagrada Esperança.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário