Jornalista esfaqueado em Luanda
22-10-2010 | Fonte: Apostolado
Foi esfaqueado na noite de Quinta feira 21/10,em Luanda,o conhecido humorista e Radialista, da Rádio Despertar, António Manuel “Jójó”, notabilizado pela condução do programa “Django” de humor e critica de intervenção social.

A tentativa de assassinato ocorreu a porta, de um posto de gasolina nos arredores de Viana momentos após ter largado os estúdios da Rádio Despertar. Naquele intervalo de tempo, um desconhecido que simulou querer saúda-lo com um abraço, aproximou-se ao profissional acabando por esfaquea-lo. Um dos golpes terá atingido a barriga, do jornalista que se encontra internado na clínica Multiperfil, em Luanda.

O atentado contra António Manuel “Jójó” acontece dias depois da organização dos Repórteres Sem Fronteiras ter divulgado um relatório apontado Angola como o pior país da Lusofonia para se exercer jornalismo.

As autoridades polícias prometeram investigar o caso que resultou no atentado contra o jornalista.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica