Secretário-geral da UNITA em greve de fome contra detenções arbitrárias e intolerância do poder em Angola
08-02-2011 | Fonte: Lusa
O secretário-geral da UNITA, Abílio Kamalata Numa, está em greve de fome no comando provincial da polícia do Huambo, em protesto pela detenção de um militante do maior partido da oposição angolana, disse à Lusa fonte oficial.O protesto do dirigente da UNITA começou na segunda-feira, depois de a Polícia Nacional (PN) ter detido, no município do Bailundo, o militante do partido do "Galo Negro", António Kaputo.

Este protesto, explicou à Agência Lusa o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, é a abertura de uma nova fase na estratégia do partido para levar o executivo do MPLA a por cobro à "intolerância e arbitrariedade" com que as estruturas do poder lidam com a oposição.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário