Kilamba: Sonhos adiados
29-08-2011 | Fonte: A Capital
Dúvidas, especulações e equívocos criados a propósito da construção da cidade de Kilamba Kiaxi, foram dissipadas recentemente com o arranque do processo de inscrição para aquisição de apartamentos naquela urbe.

Três mil e 180 apartamentos foram postos a disposição dos citadinos, interessados em adquirir uma moradia. Aliás, entre as mais prementes necessidades de cada angolano, uma das que mais pontifica, é, sem dúvida, uma casa própria para morar.

Assim foram disponibilizados nesta primeira fase, apartamentos do tipo T3-A, T3-B, T3-C, estes divididos em três quartos, uma sala e cozinha e, ainda outros do modelo T-5, compostos por cinco quartos e outros cómodos. A seguir, vem a parte mais linda da cena. Os preços das casas. O modelo T3-A está avaliado em 125 mil dólares norte-americanos, o T3-B custa 130 mil o t3-C custa 140 mil dólares, ao passo que o T-5 está orçado em 2000 mil.

Depois de tomarem contacto com a realidade, a desilusão. Muitos cidadãos dizem-se enganados, pelo facto de o valor das residências estar muito acima, daquilo que são as suas possibilidades. Tal foi o caso de Evaltino Francisco. Mostrou-se indignado, com a forma como estava a decorrer o processo de inscrição, bem como os preços assustadores das moradias. Aos 24 anos, Francisco disse ao Semanário A Capital que estava na cidade de Kilamba, desde as primeiras horas da manha para conseguir a inscrição. Entretanto, depois de se inteirar do preço e tê-lo comparado com o salário que ganha, desistiu.

Celma Gonçalves, 30, anos, é também funcionária no sector privado. Também não se convenceu com a grandeza dos preços. Segundo ela, com os 700 dólares que aufere, mensalmente, não lhe possibilitam adquirir um apartamento.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário