Nosso Super reabre em breve
24-11-2011 | Fonte: JA
Os supermercados Nosso Super reabrem em breve com novo regime contratual, disse, ontem, na Assembleia Nacional, a ministra do Comércio nos esclarecimentos aos deputados que discutem, na especialidade, a proposta do Orçamento Geral do Estado para 2012.

Idalina Valente sublinhou que a rede de supermercados não é privatizada, que a sua gestão foi atribuída a uma entidade privada, a Odebrecht, mas que “o dono da infra-estrutura é o Estado”. O Estado, disse, não vai investir nada, mas receber uma renda pelo aluguer das infra-estruturas através do contrato de cessão de exploração.

A negociação para o novo contrato, que durou cerca de um ano, afirmou, foi “difícil, complexa e com muitas envolventes”. A perspectiva inicial, referiu, era que as lojas reabrissem no princípio de Dezembro, mas devido ao acordo do termo de quitação – um acto antes da assinatura do contrato de cessão de exploração, que está a ser negociado pelo Ministério das Finanças – não há ainda certeza que possam reabrir este ano. “Estamos a trabalhar para em Dezembro a situação estar regularizada”, declarou.

O programa, da forma como estava concebido, reconheceu, não era sustentável, pois tinha custos bastante elevados. A ministra afirmou que havia preços de algumas mercadorias que eram mais baixos, mas que após uma análise era difícil perceber se o benefício era maior que o custo ou o contrário.

Está a ser desenhado um quadro que permite deixar que o mercado possa ditar os preços e o Estado interferir pontualmente através de políticas de medidas para resolver qualquer situação. Idalina Valente pediu desculpa por não ter havido um esclarecimento público sobre o que se estava a passar com a rede Nosso Super.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação