CASA-CE confirma Chivukuvuku como candidato à presidência
29-05-2012 | Fonte: VOA
O recém-formado partido CASA-CE confirmou Abel Chivukuvuku como seu candidato à presidência do país.

O Conselho Deliberativo do CASA-CE esteve reunidos para analisar os aspectos organizativos e de formalização da candidatura da coligação e diz-se preparada para formalizar candidatura junto do Tribunal Constitucional, uma vez ter reunidas as assinaturas requeridas pelo país.

Os 185 delegados confirmaram Abel Chivukuvuku cabeça de lista, pelo que este será presidente se o CASA-CE vencer as eleições.

Õ partido definiu também is critérios para a selecção dos deputados.

Relativamente a situação política do país, a organização mostra-se preocupada com a ausência de pluralidade nos órgãos públicos de informação.

Apesar do investimento público em novos meios e equipamentos, o que é feito em nome da Constituição mas que segundo a CASA-CE, se destina a “...confundir uma vez mais a opinião pública nacional, alardeiam com objectivos meramente eleitoralistas a inauguração de novos postos emissores cuja linha editorial será a de sempre, servir exclusivamente os interesses do regime e calar as vozes contrárias”

A coligação chefiada por Abel Chivukuvuku manifestou preocupações relativamente a violência política contra jovens manifestantes, prática que considera contrária ao discurso político.

Quanto a fixação da data para as eleições, considera a coligação que ela, a data foi determinada por conveniência a proximidade com o aniversário do Presidente da República, o que constitui um favorecimento., segundo a CASA.

A reunião elegeu trinta e cinco membros, que desempenharão funções executivas, no preenchimento do órgão afim.

O Conselho deliberativo da CASA-CE integra 275 membros e reúne duas vezes por ano.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
A CASA de Abel Chivukuvuku:
  • Vai reforçar a prática da democracia
  • Não vai trazer nada de novo
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA
  • Vai retirar eleitorado a UNITA
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA e a UNITA