“Posição da UNITA é uma forma de acomodar as duas correntes que existem dentro do partido”, diz analista
12-09-2012 | Fonte: RNA
O analista político, Belarmino Van-Dúnem entende que, a posição da UNITA, em impugnar as eleições e ainda assim ocupar os lugares na Assembleia, é uma forma de acomodar as duas correntes que existem dentro do partido.

“O problema não está no processo, mas é um problema interno, que a UNITA tem, e dentro das conversações que foram feitas, me pareceu que a UNITA pretende boicotar o processo”, disse Belarmino Van-Dúnen.

Por sua vez, o Coordenador do Observatório Eleitoral Angolano, Luís Gimbe, esclarece que a amostra que o OBEA constatou como observador das eleições de 31 de agosto, vai ao encontro dos resultados apresentados pela CNE.

“Eu acho que neste caso concreto, deve haver o respeito pelas instituições, o respeito por aquilo que a CNE, e o Tribunal decidirem. É preciso esclarecer que, estas questões não ferem o processo, nem alteram os resultados das eleições.

Gostaria de salientar que, a amostra que o OBEA teve não foge muito dos resultados apresentados pela CNE”, afirmou.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
A CASA de Abel Chivukuvuku:
  • Vai reforçar a prática da democracia
  • Não vai trazer nada de novo
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA
  • Vai retirar eleitorado a UNITA
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA e a UNITA