UNITA recusa comentar decisão da CNE
13-09-2012 | Fonte: RTP
O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, disse que o seu partido só comentará a decisão da CNE depois de ser notificado oficialmente e dos seus representantes no órgão eleitoral relatarem o que se passou na reunião extraordinária da plenária da CNE.

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) rejeitou em Luanda as reclamações apresentadas pelas três maiores forças da oposição, que recusam os resultados das eleições gerais de 31 de agosto, que deram 71,84% e a eleição de 175 deputados ao Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), partido no poder desde a independência, em 1975.

Resta agora àquelas três forças políticas recorrer para o Contencioso do Tribunal Constitucional (TC), devendo fazê-lo nas próximas 48 horas.
Os recursos serão depois apreciados em Plenária do TC, que dispõe de 72 horas para dar a decisão, que é irrecorrível e que será divulgada até segunda-feira.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica