ANIP assina contratos avaliados em 22 milhões de dólares
14-09-2012 | Fonte: JA
A Agência de Investimento Privado (ANIP) assinou ontem em Luanda dez contratos de investimento avaliados em 22 milhões de dólares nas áreas da indústria alimentar, energética, metalomecânica, construção civil, prestação de serviços e comércio.

O primeiro contrato foi subscrito entre a presidente do Conselho de Administração da ANIP, Maria Luísa Abrantes, e o representante da empresa de origem portuguesa, denominada Bonjour, Nuno Catanas. A Bonjour vai construir em Luanda até final deste ano uma fábrica de massas alimentares, num investimento avaliado em 5,5 milhões de dólares.

Em declarações à imprensa, Nuno Catanas disse que a fábrica vai empregar 154 jovens. Afirmou que estão a ser criadas as condições para a montagem dos equipamentos para que até Dezembro ou Janeiro de 2013 a unidade fabril arranque.

“Nós queremos implantar em Angola um produto de qualidade única e que seja consumido em todo o território nacional”, assegurou.

Depois da Bonjour, seguiu-se a empresa de origem espanhola Himoinsa Angola, que rubricou um contrato de investimento para a manutenção de centrais termoeléctricas, num investimento avaliado em quatro milhões de dólares. 

O administrador Simão Júnior, que procedeu à assinatura do contrato, disse que a empresa, para além da manutenção das termoeléctricas, pretende efectuar instalações de outras a nível do país, “garantindo desde já a sua respectiva manutenção”. Mais contratos foram subscritos com a Wujin Angola, Beijing Internacional e Yatai Internacional, todas elas ligadas à construção civil e obras públicas.

A ANIP assinou também contrato com a empresa Losan, ligada à indústria têxtil, Genoyer e IBR Solutions, para prestação de serviços, bem como com a Sotkon Angola, vocacionada ao tratamento de resíduos sólidos e Xun Internacional, indústrias metalomecânicas.

Luísa Abrantes afirmou que todos esses contratos vão gerar 906  empregos directos, na sua grande maioria para angolanos.

“O país está a receber muito investimento diversificado, o que pode trazer mais-valia aos angolanos em termos de emprego, bem como de desenvolvimento”, disse.




 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
A CASA de Abel Chivukuvuku:
  • Vai reforçar a prática da democracia
  • Não vai trazer nada de novo
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA
  • Vai retirar eleitorado a UNITA
  • Vai retirar eleitorado ao MPLA e a UNITA