Casas socias serão vendidas a metade dos preços das casas de média renda
24-01-2013 | Fonte: JA
O ministro do Urbanismo e Construção, José Silva, garantiu que consta, no programa Nacional de Urbanismo e Habitação, a construção de casas sociais, que vão ser vendidas a metade dos preços das casas de média renda.

José Silva, que foi ao Parlamento responder a questões dos deputados, no âmbito dos debates na especialidade do Orçamento Geral do Estado, afirmou que o Executivo está a trabalhar para encontrar mecanismos que permitam o acesso mais fácil às casas das novas centralidades.

O ministro sublinhou, ao responder ao deputado Raul Danda da UNITA sobre o acesso às novas centralidades, que era incorrecto pensar que só reduzindo os preços das habitações se resolve o problema da cidade do Kilamba, que tem grande parte das habitações ainda por habitar.

O ministro José Silva anunciou que, no âmbito do Programa Nacional do Urbanismo e Habitação, estão em execução 120 mil casas sociais e 44.700 casas de renda média, distribuídas por todas as províncias. O ministro explicou que, adicionalmente, está em curso o programa de construção de 200 fogos por cada município, perfazendo 25.400 moradias, num programa que deve estender-se até 2014.

Nas prioridades para este ano, o ministro apontou a continuação do Programa Nacional do Urbanismo e Habitação, o ordenamento do território, a requalificação do meio urbano e rural e a regularização jurídica do património habitacional do Estado.

O ministro disse que as cifras hoje atingidas devem ser substancialmente ampliadas e pediu maior atenção a um segmento fundamental do Programa Nacional, a auto-construção dirigida, que constitui 70 por cento do programa.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário