Angola recruta mais de metade da mão-de-obra em Portugal
13-06-2013 | Fonte: Expansão
As empresas angolanas recrutam mais de metade dos seus funcionários estrangeiros em Portugal, escreve o Jornal de Negócios, que adianta que estão em causa, sobretudo, vagas para quadros médios e superiores.

Portugal está na mira de Angola no que diz respeito ao recrutamento de quadros médios e superiores. De acordo com o Jornal de Negócios, Portugal é mesmo a principal base de recrutamento de trabalhadores estrangeiros para as empresas angolanas.

Um estudo realizado pela multinacional "Let'sTalkGroup" revela também que mais de metade das empresas angolanas, num total de 58 por cento, recorre a profissionais portugueses para preencher as vagas de emprego, principalmente quadros médios e superiores.

Em Angola trabalham mais de cem mil portugueses e o país alberga oito mil empresas nacionais, segundo dados avançados em Fevereiro pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

De acordo com o mesmo inquérito, que foi realizado em Fevereiro e Março junto de 36 organizações públicas e privadas angolanas, de vários sectores, as técnicas de recrutamento mais utilizadas são as candidaturas espontâneas (27%), os anúncios (24%) e as referências (21%).
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário