Agricultura é um sector prioritário - Pedro Canga
08-08-2014 | Fonte: Angop
O sector da agricultura afigura-se cada vez mais importante no contexto nacional, representado cerca de 42% da taxa de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB), em 2013, considerou, hoje (quinta-feira), em Luanda, o ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Afonso Pedro Canga.

Ao falar na cerimónia da abertura do Fórum Estratégico sobre o "Café e a Soja “, esclareceu que com o plano nacional de Desenvolvimento 2013-2017 a agricultura apresenta-se como um sector prioritário.

O sector, sublinhou, é estrategicamente alvo de maiores incentivos, o que explica o facto de se estimar que em  2017 esteja no top 3 de sectores com maior representatividade no Produto Interno Bruto.

No que respeita à fileira do café, relembrou, historicamente Angola foi um dos maiores produtores mundiais. Em 1973 representava 27% das exportações totais  do país e 72% do valor das exportações dos produtos agrícolas, com uma produção de cerca de 210 mil toneladas.

Segundo o ministro, pelas razões já conhecidas, a produção de café sofreu uma queda  brusca, ascendendo hoje a 12.550 toneladas de acordo com a campanha agrícola dos últimos dois anos.

Informou que tendo em conta a importância do sector e com o objectivo de promover o seu desenvolvimento encontra-se em implementação o Programa de Recuperação e Desenvolvimento da Área do Café.

O programa tem como principais objectivos o aumento da produção interna de café, o fortalecimento da classe empresarial e a melhoria das condições de vida nas comunidades rurais.   
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário