Andebol: Selecção Nacional conquista torneio
02-03-2015 | Fonte: Jornal de Angola
A Selecção Nacional sénior feminina de andebol conquistou ontem o torneio “Angola 40 anos”, ao cilindrar no Pavilhão da Cidadela a similar do Brasil por 22-14, com favoráveis 12-07 ao intervalo.

Com uma entrada de rompante, o “sete” nacional, às ordens de João Florêncio, entrou determinado em mostrar serviço para não defraudar os cerca de cinco mil espectadores que vibraram com cada golo marcado.

Natália Bernardo, Azenaide Carlos, Marta dos Santos e Luísa Kiala comandaram o sector ofensivo. A selecção campeã do mundo mostrou-se incapaz de travar o ritmo imposto pelas angolanas. Decorridos 15 minutos, Angola vencia por11-5.

Na segunda parte, com o ataque organizado, Angola continuou a dilatar o resultado. Nessa altura, o seleccionador nacional aproveitou para rodar a equipa, colocando em campo uma segunda equipa. O “sete” nacional marcou menos dois golos do que na primeira parte do desafio, ao passo que o Brasil apontou o mesmo número de tentos, terminando o torneio na terceira posição com dois pontos.

No primeiro jogo, disputado às 17h00, a selecção portuguesa triunfou diante do combinado nacional de Esperanças, por 26-28, com já favoráveis 14-12 ao intervalo. O conjunto “tuga” somou quatro pontos, resultado de duas vitórias e uma derrota, na segunda posição da tabela classificativa. Com o sistema defensivo 5:1, na primeira parte do encontro, apesar do equilíbrio, o “sete” nacional cometeu muitos erros defensivos e falhas técnicas, que foram aproveitados pela equipa adversária, que apostou no tradicional 6:0.

Com as entradas das experientes Delfina Mugongo, Manuela Paulino e Vilma Neganga o combinado nacional melhorou o ataque, mas apesar das dificuldades para transpor a defensiva angolana, as portuguesas continuaram a comandar o jogo.

No reatamento, as Esperanças entraram bem e à passagem do minuto dez igualaram o marcador a 14 golos. A seleccionadora portuguesa, Sandra Fernandes, pediu um desconto de tempo que resultou de imediato: a equipa produziu o parcial de 6-0, quando o marcador estava fixado em 26-20.

No seio das Esperanças faltou calma na finalização. Ocupou a última posição do torneio, mas deixou bons indicadores.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação