Sector privado vai investir mais de USD 28 milhões na indústria
17-04-2017 | Fonte: Angop
Vinte e oito milhões trezentos e vinte seis mil e trezentos e oitenta e dois (28.326.382) dólares norte-americanos é o valor a ser investido por sete grupos empresariais no sector industrial do país.

Para materialização destes investimentos, a serem implementados nas províncias do Uíge, Benguela e Luanda, a Unidade Técnica de Apoio ao Investimento Privado (UTAIP) do Ministério da Indústria e representantes das respectivas empresas rubricaram hoje, na capital do país, os respectivos contratos de investimentos.

As áreas seleccionadas para aplicação deste investimento estão ligadas à produção de ração para alimentação animal (bovinos, suínos, caprinos, aves, coelhos e cavalos), polpa de papel para exportação, derivados de utensílios de utilidade doméstica, alargamento do objecto para a área de reciclagem de plásticos, produção e montagem de motociclos, assim como fabrico e engarrafamento de bebidas e produção de biscoitos, snacks e doces diversos.

Na ocasião, o representante da empresa "Cikaan Rações Angola, Lda", que pretende começar a sua actividade em Maio de 2018, em Benguela, António Pereira, referiu que o seu grupo empresarial vai investir mais de nove milhões de dólares para a produção de cerca de dez toneladas/hora de ração animal.

Segundo o responsável, o projecto vai permitir criar trinta e dois postos de trabalho e potenciará os agricultores e associações no sentido de absolver a matéria-prima nacional, evitando a importação deste produto.

Para Faisel Mehmood, representante da empresa "Popular Food Industry, Lda", que conta com um investimento de um milhão e 200 mil dólares para investir na produção de biscoitos, snacks, pirolitos, rebuçados e pastilhas, na província de Benguela, a firma que dirige vai começar a produzir dentro nove meses.

A fábrica, que terá a capacidade de produzir 40 toneladas de biscoitos por ano, vai empregar 52 trabalhadores.

De acordo com o representante da empresa "Sunrise Pulp & Papel Angola, Lda", Paulo Pombolo, num período de 15 meses a fábrica vai começar a produzir 34 toneladas/mês de polpa de papel, na província do Uíge.

Segundo o representante, a matéria-prima a usar para o fabrico deste produto será o eucalipto e bétula, explorados localmente. Quatro milhões e 993 mil e 200 dólares será o valor a investir.

Além destas, celebraram igualmente os contratos de investimento privado os representantes das empresas "Yongjin – Comércio e Indústria, Lda", "Adega Cooperativa da Azueira, S.A.", "Glopol Angola-Indústria, Lda" e "Pasian International Company, Lda", respectivamente.

Na ocasião, a ministra da Indústria, Bernarda Martins, disse existirem outros dez projectos de investimentos privados a serem aprovados nos próximos dias.

Além da ministra, o acto de assinatura de contratos foi testemunhado pelo secretário de Estado da Indústria, Kiala Ngone Gabriel.

Rubricou os contratos pela Indústria o director da UTAIP, José Sala.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário