Números de telefone da rede fixa mudam a partir da meia-noite em Angola
25-06-2005 | Fonte: Lusa
Os números de telefone da rede fixa em Angola vão mudar a partir das 00:00 de domingo na sequência da entrada em vigor do novo Plano Nacional de Numeração, que visa responder ao crescimento do mercado nacional de telecomunicações.

"A nova numeração vai permitir aos operadores a ampliação das suas redes e garantir uma maior disponibilidade de números telefónicos para os cidadãos, tornando os preços dos serviços mais competitivos em consequência do aumento da oferta", afirmou João Beirão(na foto), director do Instituto Nacional de Comunicações (INACOM).

Segundo este responsável, o crescimento do mercado de telefones obrigou à elaboração de um novo Plano Nacional de Numeração, que visa "criar as condições técnicas necessárias para a entrada no mercado de mais operadores de telecomunicações, numa perspectiva de desenvolvimento da concorrência".

Os novos números da rede fixa passam a ter nove dígitos, que devem ser sempre marcados, com a inclusão dos códigos da rede fixa, da província e do operador, estando a alteração a ser anunciada através de uma campanha publicitária nos órgãos de comunicação social angolanos.

Com a entrada em vigor das novas regras, todos os números telefónicos passam a começar por 2 (código da rede fixa), seguindo-se o código da província em que está instalado o telefone, o código do operador a que o cliente está vinculado e o número de telefone actual.

O INACOM atribuiu o código 2 à Angola Telecom, a operadora estatal de telefones fixos, enquanto o código 8 foi atribuído à Nexus, empresa privada que também disponibiliza o serviço de telefonia fixa.

Foram ainda atribuídos códigos a outras três operadoras privadas já licenciadas no mercado angolano mas que ainda não iniciaram a actividade, sendo o 6 para a Mercury, o 7 para a Mundo Startel e o 9 para a Wezacom.

Relativamente às províncias, os códigos passam a ser os seguintes: Bengo (34), Benguela (72), Bié (48), Cabinda (31), Cunene (65), Huíla (61), Huambo (41), Cuando Cubango (49), Cuanza Norte (35), Cuanza Sul (36), Luanda (2), Lunda Norte (52), Lunda Sul (53), Malange (51), Moxico (54), Namibe (64), Uíge (33) e Zaire (32).

Nas ligações do estrangeiro para um telefone fixo em Angola também se aplicam estas regras, sendo necessário marcar o código de acesso internacional (00), o indicativo de Angola (244), seguindo-se os nove dígitos do novo número.

Os dados oficiais do INACOM indicam que existem actualmente menos de 100 mil utilizadores de telefones fixos no país, dos quais mais de 90 mil são clientes da estatal Angola Telecom.

A empresa privada Nexus, que iniciou a sua actividade há cerca de um ano, possui cerca de um milhar de clientes.

A nova numeração da rede de telefones fixos surge cerca de seis meses depois do INACOM ter procedido a uma alteração nos números dos telefones móveis, que também passaram a incluir nove dígitos.

No caso dos telemóveis, os números começam pelo 9, que é o código da rede móvel, seguindo-se o código do operador, que pode ser 21 (Movicel) ou 23 (Unitel), e o número de telefone.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
O que mais o marcou no campeonato do Mundo Brazil 2014
  • Arbitragem
  • Desempenho das Equipas Africanas
  • Casos extra-jogos
  • Estádios
  • Manifestações