Mbanza Kongo é Património Mundial da Humanidade
08-07-2017 | Fonte: VP
A antiga capital do Reino do Kongo ganhou hoje o estatuto de Património Mundial da Humanidade. A decisão da UNESCO foi tornada pública este sábado, 08 de Julho, na  41ª sessão do Comité do Património Mundial que decorreu em Cracóvia, na Polônia.
 
“As expectativas da delegação angolana, chefiada pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, são boas, tendo em conta o projecto de decisão do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios. Mbanza Kongo tem atributos suficientes que lhe dão o valor universal exponencial, o único a nível nacional e internacional, justificado com o poder político, económico, a vida religiosa e a riqueza imaterial do antigo Reino do Kongo, assim como a expansão desta cultura para lá do Atlântico”, afirmou Maria da Piedade de Jesus, directora do Instituto Nacional do Património Nacional, na sexta-feira, 7 de Julho, um dia antes do anúncio da decisão.
 
“Este espaço continua a ser o centro espiritual da comunidade Kongo em África e no Mundo “, reforçou Maria da Piedade de Jesus.
 
O projecto para a inscrição de Mbanza Kongo na lista do Património Mundial da UNESCO foi lançado em 2007, nesta cidade, com a realização da II Mesa Redonda Internacional denominada “Mbanza Kongo, Cidade a Desenterrar para Preservar”. De lá para cá, o plano observou várias etapas de trabalho de pesquisa no terreno e no estrangeiro, tendo culminado com a entrega, em 2016, do dossier definitivo de candidatura ao Comité do Património Mundial com sede em Paris (França).
 
Uma importante delegação angolana do Ministério da Cultura, chefiada pela titular da pasta, Carolina Cerqueira, está em Cracóvia e acompanhar esta histórica decisão. O governador da província do Zaire, Joanes André também faz parte da comitiva.
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário