Basquetebol: Angolano é melhor ressaltador e terceiro cestinha do Mundial sub19
10-07-2017 | Fonte: A BOLA
O angolano Sílvio de Sousa foi o melhor ressaltador e o terceiro "cestinha" do campeonato do mundo de basquetebol sub19 encerrado este domingo no Cairo, com a selecção nacional a subir uma posição, em 13º lugar entre 16.

O poste angolano de 2,06 metros, nascido a 7 de Outubro de 1998, teve uma média por jogo de 13.1 pontos, 17.3 ressaltos e 2.1 assistências. Liderou o combinado nacional que em sete partidas obteve três vitórias.

Sílvio de Sousa, que marcou, nos instantes finais da partida, os pontos que asseguraram a 13ª posição, na vitória por 58-56 sobre a Coreia, representa a IMG Academy dos EUA, para onde seguiu após ter feito a formação desportiva no 1º de Agosto.

Diante da Coreia, o número 6 da equipa dirigida por Raul Duarte fez os seu melhor registo com 27 pontos, 21 ressaltos e três assistências. Foi melhor marcador e melhor ressaltador da equipa em cinco das sete partidas que Angola disputou.

Em ressaltos, o "rei" das tabelas do Cairo capturou 23 ressaltos ofensivos e 69 defensivos, totalizando 92, tendo jogado em média 30 minutos em cada jogo.

Nos pontos, fez em lances livres 68.4 por cento (26 marcados em 38 tentados), nos dois pontos o registo foi de 54.1 pc (46/85), e em triplos, marcou um em sete tentativas.

Silvio de Sousa sucede assim Miguel Kiala, que foi o mais cotado da equipa nacional na participação anterior com as marcas de 12,8 pontos 13.6 ressaltos como média por jogo, contribuindo para o 14º lugar de Angola em 2009 no campeonato do mundo da categoria disputado na Nova Zelândia.

Naquela altura, integravam o grupo nomes como Yanick moreira, Edson Ndoniema, Hermengildo Santos, Islando Manuel e Bráulio Morais, entre outros.

No Cairo, Angola, que ascendeu uma posição em relação à participação anterior, integrou um grupo com Itália (66-70), EUA (68-109) e Irão (70-48) classificou-se na terceira posição, cruzando, na fase a eliminar, com o Canadá (65-87), Porto Rico (59-63), Mali (73-54) e Coreia (58-56).
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário