Angola privilegia diálogo para dirimir conflitos
14-07-2017 | Fonte: Angop
Angola vai continuar a privilegiar o diálogo e a concertação, para ajudar a dirimir eventuais conflitos internacionais, afirmou, em Luanda, o ministro da Defesa Nacional, João Lourenço.

Ao falar na sessão de abertura das conversações entre os ministros da Defesa de Angola e da China, referiu que o país vai manter a aposta na preservação da paz e na busca do bem-estar social dos povos.

Na sessão em que a parte chinesa foi encabeçada pelo ministro da Defesa Nacional, Chang Wanquan, João Lourenço defendeu a resolução urgente dos diversos conflitos que enfermam o mundo.

Disse que a resolução urgente dos conflitos passa, também, pelo combate ao terrorismo e contra a imigração ilegal, dando primazia neste campo à troca de informações entre os Estados.

Segundo o governante, a troca de informações tem como objectivo dinamizar e harmonizar os mecanismos de segurança, tendo em vista a consolidação da paz e da estabilidade mundial.

Em Angola para uma visita de trabalho de três dias, a delegação chinesa tem na agenda deslocações à Base Naval de Luanda, unidade da Marinha de Guerra Angolana, ao Museu de História Militar e à Escola Superior de Guerra das Forças Armadas Angolanas (FAA).
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação