Redes sociais terão impacto nas eleições angolanas
10-08-2017 | Fonte: VOA
As redes sociais são este ano pela primeira vez algo que poderá ter influência nas eleições angolanas. Ninguém sabe ao certo que influências essa forma de comunicação irá ou não ter na votação mas para o jornalistas Herculano Coroado não há dúvidas: As redes sociais vão ter influência nas eleições de 23 de Agosto.
 
Coroado foi um dos facilitadores da formação sobre campanha política e utilização de meios digitais que arrancou no Lubango nesta terça-feira, 8, dirigida a partidos políticos da região sul.
 
Para o jornalista, as redes sociais e o facebook muito utilizado em Angola podem ter o papel de desequilíbrio no pleito eleitoral.
 
» Quando nós assistimos a inclusão de Angola para o universo digital a media social a internet está jogar um papel importante, pode ser um factor de desequilíbrio junto do eleitor», disse.
 
A formação que visa melhorar o desempenho dos partidos políticos no domínio das tecnologias de informação, é uma iniciativa do Instituto Angolano de Sistemas Eleitorais e Democracia em parceria com a fundação alemã Konrad Adenauer Stiftung.
 
A UNITA na Huíla enaltece a iniciativa e garante que vai melhorar a utilização deste instrumento para fazer passar a sua mensagem, segundo o seu secretário de comunicação e marketing, Manuel Tchongolola.
 
»Temos estado a publicitar todas as nossas actividades no caso do facebook no sentido de expandirmos a nossa mensagem», afirmou. Para o secretário para a mobilização da APN no Cunene, Júlio Camilo, o partido vê nas redes sociais um meio de atingir a juventude.
 
» As redes sociais têm um grande impacto porque é aí onde toda a juventude está inserida», disse Na formação de três dias participam representantes de partidos políticos das províncias do Namibe, Cunene e Huíla.
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário