Correios: Crise financeira trava reabilitação de 150 estações
10-10-2017 | Fonte: Novo Jornal
A expansão da rede de estações postais no país tarda em sair do papel devido à crise financeira, que mantém "na gaveta" os planos de reabilitação de 150 postos, revelou hoje a presidente do conselho de administração (PCA) da empresa pública Correios de Angola.

Falando à margem de uma palestra em alusão ao dia mundial dos Correios, que hoje se assinala, Maria Luísa Andrade, PCA da Correios de Angola, informou que o plano director da empresa prevê a reabilitação de 150 estações postais.

"Temos estado a reabilitar, mas não com a velocidade que gostaríamos de ter", reconheceu a responsável, adiantando que a operação foi "condicionada pela crise financeira".

Segundo Maria Luísa Andrade, citada pela agência Lusa, a Correios tem em funcionamento 60 estações postais, número "ainda insuficiente para responder à demanda populacional", que tem vindo a crescer.

"Diariamente, recebemos no nosso entreposto internacional um número considerável de malas de correio, e às vezes chegamos a uma tonelada de correio de encomendas, e os números têm estado a aumentar", apontou a administradora.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário