Corrupção na AGT: Administrador Executivo detido nos calabouços do SIC
11-10-2017 | Fonte: Correio Kianda
Nicolas Neto, Administrador Executivo da Administração Geral Tributária, terá sido detido e constituído arguido ontem pela Procuradoria Geral da República junto do SIC, na qualidade de suposto mandante dos crimes de corrupção e descaminho de valores do Estado, do mais recente esquema de corrupção desmantelado recentemente na AGT.
 
 
Informações ainda por confirmar junto dos Serviços de Investigação Criminal, dão conta de uma possível detenção do Administrador da AGT Nicholas Gelber da Silva Neto, preso nesta terça-feira 10.10.17 pela Procuradoria Geral da República, acusado de ter sido o autor principal do descaminho de uma soma avultada de valores ainda não quantificado, dos cofres da Administração Geral Tributária. 
 
O esquema de descaminho do dinheiro público que Nicolas Neto comandava foi desmantelado recentemente pelo Serviço de Informação e Segurança do Estado e envolve outros 3 funcionários da AGT, que já se encontram detidos há mais de um mês.
 
A detenção do Administrador daquela empresa sob dependência do Ministério das Finanças, resulta de uma acareação que colocou frente a frente os 3 funcionários e Nicolas Neto.
 
O assunto ainda não é de domínio público, mas espera-se que o Ministério das Finanças venha divulgar nos próximos dias um comunicado a dar a conhecer o facto a opinião pública nacional. 
 
Nickolas Gelber da Silva Neto  foi nomeado para o cargo de Administrador do Conselho de Administração da Administração Geral Tributária, em Dezembro de 2016. Nesta qualidade, é responsável pelos pelouros da -Direcção de Tributação Especial, Gabinete de Comunicação Institucional e Direcção Técnica. 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário