Agente FIFA aconselha Gelson e Ary a mudarem de clube
16-10-2017 | Fonte: Angop
O agente FIFA angolano João Julião defende que os futebolistas Gelson Dala e Ary Papel, transferidos na época passada do 1º de Agosto para o Sporting de Portugal, devem deixar o clube de Alvalade, para poderem mostrar o seu real valor.

“Ary e Gelson são bons jogadores, jogando e não como espectadores. Isto (jogar) não tem acontecido constantemente”, frisou em entrevista à Angop a partir da Suíça, realçando que o técnico Jorge Jesus aposta pouco na juventude.

João Julião, que exerce a sua função na Suíça, referiu que os atletas não podem olhar para grandeza do clube, mas sim preocupar-se em jogar.

“Estão a viver uma realidade que não lhes pertence, são bons jogadores e têm que jogar, mas é preciso mudar de clube para mostrar que não são turistas em Portugal”, enfatizou.

Por outro lado, apontou a falta de organização como um dos principais problemas do futebol angolano, salientando que o Campeonato Nacional (Girabola) necessita de outra postura, correndo o risco de ser disputado apenas por oito ou nove equipas.

“O nosso futebol está numa fase muito má. Falta organização, formação, gestão, aspectos importantes para o sucesso”, acrescentou.

João Jacques Julião, natural de Luanda, nascido em 1969 é desde 2005 Agente player FIFA.

A sua carreira desportiva que passou pelo Interclube, Fata, Lecce de Itália, chegou a suíça em 1990, onde actuou no FC Wettingen, Old Boys e Concordia.

Na sua carreira profissional, trabalhou com equipas suiças e agenciou jogadores de diversas nacionalidades, destacando-se os angolanos a transferência de Guilherme Afonso do FC Sion a Vaduz e do Kussunga do FC servette para Basel.

Entre as suas próximas acções, está em preparação um périplo com o conjunto da Escola Norberto de Castro, por diversos países europeus, previsto para o princípio do próximo ano.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação