Seguro agrícola da ENSA arranca este ano
16-10-2017 | Fonte: Mercado
A ENSA apresentou uma proposta de exploração do seguro agrícola, a nível nacional, e aguarda apenas pela autorização da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros, declarou ao Mercado o administrador do regulador, Manuel Moreira.

O responsável adiantou que, tão logo a ARSEG aprove as condições gerais específicas deste produto – o que pode acontecer dentro de três semanas –, a ENSA, companhia que detém a maior quota de mercado de seguros, será autorizada a gerir este ramo de seguro. Trata-se, refere, dos prémios de seguro, dos índices, das taxas, zonas de actuação, entre outras condições aplicadas.

Por outro lado, Manuel Moreira avança que a agência reguladora está a analisar, do ponto de vista técnico, as provisões que companhia apresenta e as garantias para acautelar os riscos, a fim de assegurar as indemnizações e ressarcir os tomadores de seguros.

“Sabemos que os danos no sector são severos e catastróficos, e o trabalho tem de contar com contribuição de todos os players. Há, no mundo, uma grande preocupação pelo desenvolvimento deste ramo de seguro devido à sua importância no processo de produção”, disse.

A ENSA, destaca Manuel Moreira, vai, sozinha, arrancar com a implementação deste segmento de seguro, mesmo sem a subvenção do Governo, um dos factores que estão na base do impasse da implementação do projecto do seguro agrícola lançado pelo Governo em finais de 2015.

“Portanto, eles vão assumir os riscos dos prémios e das indemnizações”, garante, afirmando que a seguradora vai seleccionar, contactar e trabalhar com alguns empresários agrícolas, aqueles que possam oferecer condições para o desenvolvimento do projecto no País.

No entanto, não está descartada a hipótese de o regime de co-seguro ser aplicado pela ENSA, sempre que a companhia achar necessário a dispersão do risco com os demais players do mercado antes de recorrer ao resseguro.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação