Academia de Futebol de Angola: um projeto angolano com futuro mundial
23-10-2017 | Fonte: O Jogo

Longe vai o tempo em que jogadores angolanos chegavam à Europa, em particular a Portugal, como desconhecidos e rapidamente se afirmavam como craques. Disso são exemplos, entre outros, Rui Jordão ou Fernando Peyroteo, considerado um dos maiores goleadores da história do futebol mundial, com uma média de 1,6 golos por jogo.

 

 

Certo é que hoje em dia também nenhum talento chega a uma das 10 melhores ligas mundiais, sem ser alvo de relatórios detalhados e que apresentem dados que comprovem que estes jogadores podem fazer a diferença.

 

 

A Academia de Futebol de Angola distingue-se desde logo por ter como patrono o anterior Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos. Mas outros profissionais se destacam nesta estrutura. 

 

 

O Diretor Geral é o hispano-brasileiro, José Luís Garrido, que tanto como jogador, como diretor conta já com passagens pelo futebol espanhol e brasileiro. O Coordenador Técnico é o ex-selecionador adjunto da Cataluña, Toni Cortés, cargo que ocupou durante 10 anos.

 

 

Se nos tempos que correm muitos clubes procuram jogadores provenientes do futebol africano, muito devido ao perfil morfológico, Angola tem a capacidade de conciliar o lado genético com a paixão existente em todo o país, que leva tantos meninos a jogarem nas ruas desde muito cedo. 

 

 

 

Gelson Dala é um dos exemplos que singra no futebol português. Mas o objetivo desta academia, AFA, que só trabalha com escalões jovens, é potenciar o talento existente em Angola, para que jovens jogadores cheguem bem cedo aos melhores clubes mundiais.

 

 

 

Os jogadores da AFA treinam e competem desde os sub-12, em competições angolanas, e participam em torneios internacionais. Através deste processo alguns jogadores não têm passado indiferentes a clubes como Barcelona e FC Porto. Três dos jogadores referenciados pelos grandes clubes são:

 

 

- Nelinho Kissanga, avançado, 11 anos

 

- António Lopes, médio, 12 anos

 

- José João, defesa, 13 anos

 

 

Tome nota sobre estes e outros jogadores que em breve terminam a sua formação nesta excelente academia e que podem servir o seu clube em termos profissionais.

 

 

O Talent Spy, www.ftspy.com, e a AFA, www.facebook.com/afa.angola.1, organizam nos próximos dias 9 e 10 de novembro o 2º Congresso de Futebol em Angola.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação