Petróleo acima dos USD 60 satisfaz indústria angolana
05-12-2017 | Fonte: Angop
A transacção do petróleo acima de 60 dólares norte-americanos (USD) no mercado internacional vai impulsionar o relançamento da indústria petrolífera no país, segundo o presidente director-geral da Total, Patrick Pauyowné.
 
O preço do petróleo Brent, referência para as exportações angolanas, está a ser negociado, na Bolsa de Londres, na casa dos 62, 87 dólares.
 
Patrick Pauyowné, que falava à imprensa no final de uma audiência com o Presidente da República, João Lourenço, disse que, com a tendência de subida do preço, abrem-se novas oportunidades de negócios no sector de petróleo e gás em Angola.
 
No quadro do relançamento do sector petrolífero, a Total assinou hoje, em Luanda, com a Sociedade Nacional de Combustível de Angola (Sonangol), vários acordos de cooperação para o desenvolvimento de novos campos.
 
A assinatura dos acordos surge num momento em que se regista uma melhoria na relação entre as duas companhias.
 
No offshore angolano, a Total é o operador do Bloco 32, com uma participação de 30%, com parceria da Sonangol P&P (30%), enquanto no Bloco 17 detém uma participação de 40 porcento.
 
A companhia francesa iniciou as suas actividades, em Angola, em 1952-1953, quando recebeu a primeira concessão, no onshore e offshore angolanos – Bacia do Kwanza e Bacia do Baixo Congo.
 
 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário