Fidelidade Angola reforça atendimento a mediadores
06-12-2017 | Fonte: AN
A Fidelidade Angola inaugurou, segunda-feira, um novo ponto de atendimento ao público. Trata-se do Centro de Mediação da Marginal, na Baía de Luanda.
 
Localizado no Edifício Presidente Business Center, na Marginal, o novo Centro de Mediação  da Fidelidade Angola vem confirmar a política de proximidade em que a companhia aposta, para estar cada vez mais próxima dos seus clientes.
 
Dedicado a servir os parceiros que exercem actividade de mediação e corretagem, este Centro tem ao seu serviço uma equipa de profissionais cujo objectivo é o de assistirem osmediadores e os corretores, para que possam maximizar o serviço junto do cliente. A proximidade e a acessibilidade em que aposta visam promover a facilidade de relação, capacidade de interacção e o maior conhecimento do portfólio de produtos da companhia.
 
Com 9 colaboradores, repartidos entre o atendimento directo ao cliente e o apoio aos parceiros, esta equipa altamente especializada trabalha diariamente num espaço cuja arquiteturapermite a separação do trabalho e o atendimento personalizado nas várias vertentes do core business da companhia. Recorde-se que a Fidelidade Angola tem o seu core no mercado empresarial mas tem igualmente como objectivo de curto e médio prazo aumentar a sua taxa de penetração no mercado de particulares. “Teremos neste espaço, como acima referido, atendimento personalizado para empresas e particulares, bem como para os nossos parceiros mediadores/correctores”, informa Armando Mota, CEO da Fidelidade Angola.
 
 
O mesmo responsável, sublinha que esta abertura ainda em 2017 evidencia a aposta que a companhia fez e continua a fazer no mercado angolano. “Trabalhamos diariamente para aumentar a capilaridade da nossa rede e para estarmos mais próximos de todos os agentes que representam a  Fidelidade. A abertura aqui na Marginal era uma ambição antiga, que agora pudemos concretizar, associando-a igualmente ao rebranding efectuado em Setembro e que veio reforçar a nossa imagem de marca em Angola”.
 
 
A propósito da localização, Armando Mota é peremptório: “A Marginal de Luanda é a referência para as empresas. Diz-se pela nossa terra que toda a cidade corre para a Baía. Que assim seja. Nós estamos  cá!”
 
 
Todos os espaços da Fidelidade Angola têm capacidade para servir transversalmente os clientes em todos os domínios da sua actuação, quer na vertente venda quer no pós venda. “Porque a proximidade e a fidelização são dois dos aspectos em que toda a nossa equipa aposta. Queremos ter clientes satisfeitos, felizes com os produtos de que usufruem e com o apoio que lhesprestamos”, lembra o CEO da companhia, que associa esta inauguração a este objectivo e a este espírito de missão da Fidelidade Angola.
 
 
Para o futuro imediato a Fidelidade Angola tem dois objectivos, nos quais trabalhará assertivamente em 2018: “Continuaremos a fazer o nosso percurso. A dar continuidade ao trabalho feito nos últimos seis anos em Angola e aos mais de 200 anos noutras geografias. Em simultâneo, a conquista de novos mercados, o desenvolvimento de novos produtos adaptados às necessidades dos angolanos e a maximização da qualidade do serviço que prestamos aos nossos clientes são e continuarão a ser sempre as nossas acções de primeira linha porque queremos continuar a crescer”, conclui Armando Mota.
 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário