Casal presidencial realiza festa de Natal fora do palácio
18-12-2017 | Fonte: O País
Cerca de 700 crianças, provenientes de 22 centros de acolhimento e instituições religiosas de diferentes municípios de Luanda, participaram, no município de Cacuaco, ontem, Sábado, na primeira Festa de Natal organizada pelo Presidente da República João Lourenço e pela sua esposa, Primeira-dama Ana Dias Lourenço, no município de Cacuaco.
 
Sob o lema “A roda do amor, um Natal para a vida”, a actividade decorreu na Escola Nacional de Formação Técnica dos Serviços Sociais e contou com o apoio de professores, assistentes sociais e vigilantes para a organização das crianças.
 
As actividades decorreram em quatro espaços, nomeadamente, “o cantinho do saber”, a “oficina das artes”, “o desporto” e o espaço “falar bonito”. Na primeira parte do evento, Ana Dias Lourenço brincou com as crianças em cada um dos espaços.
 
Declamou poesia de Alda Lara, no cantinho “falar bonito”. Pousou para fotografias, desenhou e pintou com as crianças na oficina das artes, até deu alguns toques com a bola de basquete na secção do desporto.
 
O ponto mais alto da actividade foi quando as crianças, trajadas com t-shirts de várias cores, nomeadamente vermelho, amarelo, verde, azul e branco, reuniram-se em grupos e criaram a “roda do amor”, tema da festa. Nesta altura, houve apresentação de uma peça de teatro, em que a Primeira-dama participou como actriz, com o nome de “amiga especial”.
 
No final da peça, que falava da importância de saber viver, o Presidente da República surpreendeu as crianças, surgindo de “fininho” a 2 meio da apresentação e transmitiu a mensagem de que mais importante do que receber é dar, é ajudar o mais fraco e confortar o amigo doente ou o que está a sofrer. Na ocasião, as crianças mostraram-se surpreendidas, contudo, felizes pela surpresa, uns por assistirem e outros por participarem na peça.
 
A irmã Teresa Violeta, responsável da catequese da Igreja do Carmo, disse a OPAÍS estar satisfeita com a organização da actividade. Participou pela primeira vez numa actividade do género e gostou, sobretudo da interacção do casal presidencial com as crianças e da iniciativa de optarem por realizar actividades didácticas.
 
A Igreja do Carmo esteve representada com 17 crianças, com idades compreendidas entre os 8 e os 13 anos. O Lar Bakita também esteve representado com 17 crianças que vivem no referido lar de acolhimento. Um deles é o pequeno Jorge, de 5 anos, que disse a OPAÍS estar feliz com a festa. Após a apresentação da peça, as crianças almoçaram com o casal presidencial no pátio da instituição, que foi adaptado para se poder montar um serviço de buffet.
 
Como mandam as regras, o casal presidencial foi o primeiro a servir-se. Optaram por comer iguarias típicas e não dispensaram o funge. Seguiram-se os convidados, as crianças, os professores e o pessoal que ali trabalhava, num almoço informal em que a família do Presidente da República, os filhos e os netos ficaram na fila, serviram-se e comeram com todos os convidados.
 
Após a refeição, houve apresentação de música ao vivo cantada por crianças que estavam na festa e uma participação especial da menina Laurinda Vitungãyala, superdotada, que veio do Huambo na companhia do pai para participar no encontro. Laurinda apresentou de cor e salteado as biografias do Presidente da República e da Primeira-dama. Seguiu-se a entrega de presentes às crianças participantes.
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação