Receita da exportação petrolífera atinge máximo de 28 meses
19-12-2017 | Fonte: Angop
O volume de petróleo bruto exportado por Angola atingiu em Novembro o valor mais elevado do ano (52,573 milhões de barris), o que coincidindo com o melhor preço de exportação obtido desde Janeiro, de que resultou, naturalmente, a maior receita de exportação, superando os USD 3 mil milhões, o que não acontecia desde Julho de 2015.

No entanto, o volume de petróleo exportado nos onze meses já cumpridos deste ano é o menor desde 2013, aproximando- se apenas do registado em 2014 (547.503.401 barris até ao final de Novembro de 2017, contra 548.690.450 barris no mesmo período de 2014). A receita fiscal total obtida no último mês com a exportação de petróleo foi a segunda melhor deste ano, e só não superou a verificada em Janeiro porque a receita da concessionária ficou abaixo da registada no primeiro mês do ano.

Em relação a Outubro, a receita fiscal progrediu 31%, atingindo Kz 147,7 mil milhões, o equivalente a USD 890 milhões. A receita da concessionária passou de Kz 70,73 mil milhões em Outubro para Kz 97,317 mil milhões em Novembro, crescendo mais de 26,5%, e os impostos cobrados às petrolíferas sobre o rendimento do petróleo e a produção de petróleo superaram Kz 50,424 mil milhões, o que traduz, face ao mês anterior, um incremento de 20%.

O barril de petróleo foi vendido a um valor médio de USD 57,82, o mais elevado desde Julho de 2015 e que se encontra mais de USD 10 acima da estimativa orçamental para o preço médio do barril de petróleo exportado este ano (USD 46).

Mesmo assim, e como OPAÍS já havia previsto, não será atingida a meta orçamental para a receita fiscal petrolífera em 2017, a qual se situa, incluindo os direitos da concessionária, em Kz 1,695 triliões.

Com efeito, de acordo com os dados consolidados do Ministério das Finanças até ao final de Novembro, a receita fiscal petrolífera arrecadada, quando falta apenas um mês para encerrar o ano, é de Kz 1,462 triliões. O preço médio do barril exportado entre Janeiro e o fim de Novembro subiu mais de USD 11 face a 2016, o que não se reflecte mais expressivamente na receita fiscal por o volume de petróleo bruto expedido ao longo dos onze meses ser inferior em mais de 35 milhões de barris ao apurado em igual período do último ano. Mesmo assim, a receita fiscal total é superior em Kz 269 mil milhões (o equivalente a cerca de USD 1,62 mil milhões), no final de Novembro face ao mesmo período de 2016.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação