Angolanos realizaram 336,5 mil milhões na rede Multicaixa.
27-12-2017 | Fonte: Mercado
As transacções efectuadas nos terminais  de  levantamento  automático (ATM) e nos Terminais de Pagamento Automático (TPA), assentes na plataforma informática gerida pela Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), atingiram cerca de 2,7 biliões Kz nos primeiros 11 meses do ano, um crescimento de 13,4% face ao período homólogo anterior, segundo contas do Mercado com base em dados publicados no site oficial da entidade.
 
Do total, cerca de 55% (1,5 biliões) referem-se a levantamentos de cashnas caixas automáticas (ATM), enquanto o resto foi movimentado nos TPA. De acordo com a pesquisa do Mercado, o mês de Outubro foi aquele em que se levantou mais dinheiro, neste ano, cerca de 159,6 mil milhões Kz. Janeiro, por seu turno, foi o mês em que os angolanos levantaram menos dinheiro (113,3 mil milhões Kz). Quanto aos TPA, foram realizadas mais compras também em Novembro, num total de 130,5 mil milhões Kz.
 
Janeiro foi igualmente o mês do ano com menor volume noa ATM, cerca de 92 mil milhões Kz.  Em Agosto, o montante transaccionado em ATM ultrapassou a ‘fasquia’ dos 130 mil milhões Kz dos meses anteriores, atingindo os cerca de 154,4 mil milhões Kz. Mas o valor voltou a baixar, em Setembro, para 132,4 mil milhões Kz.
 
Total de transacções sobe 8,2% face a 2016
 
Ainda durante o período em análise, a EMIS registou 336,5 mil milhões de transacções, mais 8,2% face aos primeiros  11  meses  do  ano  passado, sendo que 238,4 mil milhões foram em ATM e 98,1 em TPA. O maior número de transacções verificou-se em Outubro, quer nos ATM, quer nos TPA, 25,9 milhões e 10,7 milhões respectivamente. Janeiro registou o menor número de movimentos – 18,3 milhões e 6,3 milhões, respectivamente.
 
Em Novembro, o número de transacções foi de 25 milhões, em ATM, enquanto nos TPA ascendeu a 10,6 milhões, um crescimento de 30,9% e 47,2%, repectivamente, face ao período homólogo.
 
No período em análise, a EMIS registou a existência de 5,8 milhões de cartões Multicaixa válidos, dos quais 4,11 milhões estavam activos. Em 2016, o registo era de 4,56 válidos e 3,55 milhões activos, revela a instituição liderada por José Matos. Já em Novenbro, o número de cartões Multicaixa válidos era de 5,80 milhões,  e  activos,  4,11  milhões. No mesmo mês do ano passado, a EMIS tinha no registo 4,48 milhões cartões válidos e 3,49 milhões activos.
 
 
A compensação interbancária das operações efectuadas na rede Multicaixa é uma componente essencial no modelo adoptado para o Sistema de Pagamentos de Angola (SPA). Neste modelo, a EMIS processa a compensação, por delegação do Banco Nacional de Angola (BNA), e actua como banco de liquidação.A compensação tem por objectivo o apuramento diário dos saldos interbancários – que são reportados ao banco central – resultantes das operações realizadas na rede.
 
Entretanto, como processador da compensação de cartões, a EMIS faz os cálculos da compensação e da facturação interbancária para cada período contabilístico. Depois, apura os saldos devedores e credores de cada participante em relação à rede, e comunica o resultado da compensação ao banco de liquidação (no sistema Multicaixa, o BNA). Por fim, envia os ficheiros da compensação aos bancos participantes do sistema.
 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação