FAF suspende atletas do 1º de Agosto
16-01-2018 | Fonte: Angop
A Federação Angolana de Futebol (FAF) suspendeu por 70 dias os atletas do 1º de Agosto de todas as competições, na sequência da ausência na selecção nacional que participa no CHAN'2018, que decorre no Reino de Marrocos.
 
A informação foi veiculada nesta segunda-feira, em Luanda, pelo canal desportivo da Rádio Nacional de Angola (Rádio-5).
 
Contactado pela Angop, o secretário-geral da FAF, Rui Costa, confirmou o facto, mas negou-se a pormenorizar, explicando apenas que foi enviado um comunicado ao clube “militar” dando conta da decisão do órgão reitor.
 
Trata-se de Paizo (lateral direito), Dany Massunguna (defesa central), Nelson Luz (médio esquerdo), Geraldo (médio direito), Buá (médio), Natael (lateral esquerdo e Schow (médio trinco).
 
Assim, o bicampeão nacional participará na Supertaça dia 04 de Fevereiro, diante do Petro de Luanda (vencedor da Taça de Angola), sem estes setes influentes jogadores.   
 
A formação “rubro-negra” joga a primeira “mão” da Liga dos Clubes Campeões de África entre os dias 09 e 11 de Fevereiro, em Luanda, diante do FC.Platinum Stars, do Zimbabwe, numa altura em que a punição estará ainda em vigor.
 
Em conferência de imprensa realizada dia 03 deste mês, para anúncio dos 23 atletas da selecção nacional, que a partir de terça-feira inicia a participação no CHAN'2018, o vice-presidente da FAF, Adão Costa, afirmará não colher a justificação do 1º de Agosto para a ausência dos seus atletas.
 
É a primeira vez que acontece na história do futebol atletas do 1º de Agosto estarem ausentes de uma selecção nacional. 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação