Dos seis bancos com contas em atraso só o ex-Besa compra divisas
12-02-2018 | Fonte: Expansão
Banco Económico é o campeão dos atrasos e é o único que, mesmo sem apresentar as contas das suas operações, tem acesso às divisas que o BNA vende através da realização de leilões, de acordo com duas listagens obtidas pelo Expansão. As últimas demonstrações financeiras do banco são referentes a 2015. No total, o BE tem sete balancetes em atraso e um relatório e contas referentes a 2016, que deveria ter sido divulgado em Abril de 2017.
 
Seis instituições bancárias (uma pública e cinco privadas) não cumprem o regulamento do Banco Nacional de Angola (BNA) que as obriga à publicação dos balancetes trimestralmente "até 45 dias após o término do trimestre". O Banco Económico, o BAI Micro Finanças e o Banco Mais violam duplamente as normas do banco central por não terem publicado, até ao momento, os relatórios e contas referentes ao ano 2016.
 
A não publicação das contas é motivo de exclusão dos bancos dos leilões de divisas do BNA. Mas não para todos, já que o Económico tem comprado divisas, de acordo com duas listagens obtidas pelo Expansão.
 
 
O Banco Angolano de Negócios e Comércio (BANC), o Banco Económico (BE), o Banco Mais (BMais), o Banco BAI Micro Finanças (BMF), e o Banco de Poupança e Crédito (BPC) não divulgaram os balancetes referentes aos três primeiros trimestres de 2017, enquanto o Banco Postal, que não publicou os balancetes referentes ao segundo e terceiro trimestre do ano passado.
 
 
O banco central define que as instituições financeiras bancárias devem elaborar e publicar balancetes trimestrais com informações financeiras padronizadas com esclarecimento da situação patrimonial e dos resultados, com base nas melhores práticas e padrões internacionais. 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário