Ex-administrador da Sonangol transferiu 38 milhões USD para o Dubai após exoneração
28-02-2018 | Fonte: NJ
O antigo administrador financeiro da Sonangol transferiu, já depois de ter sido exonerado, 38 milhões de dólares para o Dubai, revelou hoje o presidente do conselho de administração da petrolífera nacional.
 
"Tomámos posse no dia 16 de Novembro de 2017 e nesse dia, à noite, apercebemo-nos que o administrador que cuidava das finanças na Sonangol, embora tivesse sido exonerado no dia 15, ordenou uma transferência no valor de 38 milhões de dólares para a Matter Business Solution, com sede no Dubai", acusou Carlos Saturnino.
 
Falando em conferência de imprensa, realizada hoje na sede da companhia estatal, o presidente do conselho de administração adiantou que a transferência em causa foi efectuada através do banco BIC, onde a sua antecessora, Isabel dos Santos, é accionista.
 
Segundo o gestor, esse "passou a ser um dos bancos preferenciais a nível da Sonangol".
 
Para além da transferência de 38 milhões de dólares, Carlos Saturnino avançou que "no dia 17 de Novembro houve o pagamento de mais quatro facturas também".
 
 
Diante destes movimentos, o PCA questionou: "Como é que pessoas que tinham sido exoneradas pelo Governo ainda faziam transferências?".
 
 
Apesar de referir que "isso dispensa comentários", o responsável defendeu que "não pode ser um acto de boa-fé de certeza absoluta".
 
 
A polémica sobre alegadas transferências da anterior administração já depois da exoneração estalou em Dezembro passado.
 
 
Na altura, Isabel dos Santos atribuiu tudo a uma "campanha de difamação".
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário