Oposição contesta nomeação de Rui Ferreira
06-03-2018 | Fonte: VOA
 A UNITA e a CASA-CE contestam a nomeação do juiz Rui Ferreira para o cargo de presidente do Tribunal Supremo, depois de quase de 10 anos à frente do Tribunal Constitucional.
 
Rui Ferreira foi empossado na segunda-feira, 5, no cargo pelo Presidente João Lourenço que, na altura, pediu que ele e os demais juízes o ajudem no combate que decidiu realizar contra a corrupção, o nepotismo e outros males que enfermam a sociedade angolana.
 
Entretanto, a jurista e deputada da UNITA Mahaela Weba disse que com esta indicação o Presidente da República pretendeu compensar Rui Ferreira pela forma parcial como geriu a contestação do último processo eleitoral, favor do partido vencedor- o MPLA.
 
Por seu turno, o também jurista e deputado da CASA-CE Manuel Fernandes lembra que durante o seu longo mandato no Tribunal Constitucional Rui Ferreira foi responsável por muitos actos inconstitucionais.
 
Segundo escolha
 
Manuel Fernandes deplora também a insistência nas mesmas pessoas, afirmando que o país tem outros quadros com capacidade para dirigir aquela instância judicial.
 
Fontes bem informadas indicam que Rui Ferreira tinha sido a segunda escolha dos juízes do Tribunal Supremo, a seguir ao conhecido jurista Miguel Correia, numa eleição interna que visou escolher três candidatos a presidente dos cinco membros que compõem aquele órgão.
 
O Presidente da República, que tem o poder discricionário para escolher entre os três um nome para presidir oTribunal Supremo, terá optado por Rui Ferreira.
 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário