Isabel dos Santos defende novo sistema económico para os países africanos
16-04-2018 | Fonte: VOA
Empresária angolana sugere políticas focadas nas pessoas e na sustentabilidade do meio ambiente. A empresária angolana Isabel dos Santos defendeu o recurso à tecnologia e ao respeito pelo meio ambiente como pressupostos para uma nova política de desenvolvimento em África.
 
“Uma nova narrativa” é urgente para “um novo sistema, que nos permita acomodar o crescimento populacional, dissociando-nos das limitações de recursos, e que nos permita ir ao encontro das necessidades básicas de todos”, reforçou Santos ao intervir no fim-de-semana na conferência da Associação de Yale para a Paz e Desenvolvimento Africano (YAAPD), realizada na conceituada Universidade de Yale, nos Estados Unidos.
 
As posições da filha do antigo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, em poucas frases, foram tornadas públicas no Twitter pela organização e pela própria Isabel dos Santos.
 
“Não é sustentável existir uma diferença tão grande entre as nações desenvolvidas e os países mais pobres", sublinhou a antiga presidente da Sonangol, para quem tal desiderato só é possível com “sistema mais justo, focado nas pessoas e na sustentabilidade do meio ambiente".
 
Ao se dirigir a uma plateia de estudantes, muitos deles do continente africano, Santos reiteraou que a inovação e a tecnologia vão-nos permitir crescer e eliminar o fosso que existe actualmente entre África e o resto do mundo" e defendeu, para tal a necessidade de um plano e uma visão.
 
A empresária apontou a tecnologia como instrumento para “reduzir a assimetria entre o continente africano e o resto do mundo", juntamente com uma exploração inteligente dos recursos humanos, que garanta “energia limpa, água limpa, solos não poluídos".
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário