Crise económica não pode servir de desculpa para incumprimento de tarefas - ANGONOTÍCIAS
Crise económica não pode servir de desculpa para incumprimento de tarefas
12-06-2018 | Fonte: Angop
A crise financeira que o país atravessa, não pode servir de pretextos para o incumprimento de tarefas por parte de servidores públicos, pelo que se exige dos mesmos mais habilidade, inteligência e boa vontade, para fazer face a actual conjuntura e execução de acções em prol do bem-estar da população.

Essa medida foi defendida segunda-feira, nesta cidade, pelo governador provincial de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa”, na cerimónia de empossamento dos novos responsáveis do governo da província, nomeadamente directores de gabinetes provinciais, assessores e outros, nomeados no sábado último (9).

Segundo o governante, o país vive um novo estilo de governação que exige dos detentores de cargos públicos muito empenho e dedicação e que não tolera o incumprimento das tarefas superiormente incumbidas.

“Os que não cumprirem, deixarão de pertencer ao governo provincial, visto que já não estamos numa fase de experiência, mas sim de mostrar as nossas capacidades na concepção de programas a favor da população”, enfatizou, exortando para mais rigor na execução das acções gizadas pelo Executivo para o período 2018-2022.

Da parte dos empossados, ficou o compromisso de tudo fazerem para corresponder as expectativas, de modo a satisfazer as aspirações da população.

A título de exemplo, o director do Gabinete Provincial dos Transporte e Mobilidade, Edgar Albino Francisco Ndala, apontou o combate à concorrência desleal e à fuga ao fisco no serviço de transportes públicos como uma das suas linhas de acção.

Por sua vez, o director do Gabinete Provincial de Desenvolvimento Económico Integrado, Jacinto Caculo, tem na forja tarefas que visam a transformação das potencialidades da província em riqueza real, fomento da actividade económica e a materialização do programa provincial de desenvolvimento, com vista a melhoria das condições sociais da população.

Tomaram posse, o secretário-geral do governo provincial, directores dos Gabinetes Provinciais de Estudos, Planeamento e Estatística do Governo Provincial, Gabinetes Jurídico e Intercâmbio, Comunicação Institucional e Imprensa e de Inspecção, Saúde, Registos e Organização Administrativa, bem como Desenvolvimento Económico Integrado e Comércio, Indústria e Recursos Minerais.

Tomaram ainda posse, os directores dos Gabinetes Provinciais de Infra-estruturas e Serviços Técnicos, da Agricultura, Pecuária e Pescas, dos Gabinetes Provinciais do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários, Transportes, e Mobilidade Urbana e Comunicação Social, entre outros responsáveis.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário