Calemas dificultam fornecimento de combustível a Cabinda
11-07-2018 | Fonte: Angop
A Sonangol Logística anunciou hoje que a escassez de combustível na província de Cabinda deve-se a dificuldades na atracagem do navio, causado pela agitação do mar na costa da região.
 
Num comunicado que a Angop teve acesso, a empresa informa que um navio carregado de gasóleo e gasolina encontra-se ao largo, aguardando por melhorias nas condições marítimas para atracar e abastecer a província.  
 
“As turbulentas condições marítimas na costa da referida província, com forte agitação nas últimas duas semanas, impõem à Sonangol Logística um cenário que dificulta o aprovisionamento com a regularidade desejada, situação que resulta na redução da disponibilidade de combustível”, refere a nota de imprensa da companhia.  
 
Fora isso, a Sonangol afirma haver disponibilidade de quantidades significativas de combustível para todo o mercado nacional.   
 
O documento informa também que a “Sonangol Logística e as autoridades competentes tudo estão a fazer para mitigar os efeitos dessa adversidade, garantir a reposição da normalidade e a consequentemente eliminação dos focos de especulação, pelo que apelam à compreensão e à calma dos consumidores”.
 
 
A província de Cabinda é a que se situa mais ao norte de Angola. Atendendo a sua localização geográfica, é abastecida somente por via marítima. 
 
 
Situação similar a que ocorre neste momento registou-se também em 2017.
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário