Nair Almeida estreia-se como empresária - ANGONOTÍCIAS
Nair Almeida estreia-se como empresária
19-07-2018 | Fonte: Angop
Dois anos após ter deixado as quadras de andebol ao serviço do 1º de Agosto, Nair Almeida junta-se às iniciativas empreendedoras em Angola, no ramo da fisioterapia, com a inauguração sábado (21), em Luanda, do espaço "Fisiopoint".
 
Localizada no Bairro Militar, na capital, a infra-estrutura foi concebida pela vontade de fazer algo em prol dos atletas, relacionado com aquilo a que esteve ligada ao longo de 20 anos de prática, o desporto.
 
Foi assim que definiu, nesta quinta-feira à Angop, a antiga integrante da selecção nacional, a sua opção pela área cujo profissional é responsável pelo tratamento, prevenção de doenças e lesões por meio de técnicas próprias, que envolvem massagens e ginástica.
 
Vocacionada para consultas de ortopedia, avaliação e tratamento de fisioterapia, programa e massagem desportiva, cinco especialistas nacionais garantem o funcionamento da “Fisiopoint“, que conta com duas salas de tratamento, um gabinete médico, um ginásio, uma zona exterior para trabalhos de reentegração, recepção e área social.
 
 
A campeã nacional por 14 vezes (4 pelo 1º de Agosto e 10 pelo Petro de Atlético) conta que seu sonho é expandir o negócio inicialmente em Luanda e depois no exterior do país com novos investimentos tecnológicos.
 
 
“Queremos ser diferentes na tecnologia e na qualidade de atendimento. O objectivo é oferecer serviços o mais próximo possível de pessoas que praticam actividades desportivas e não só”, disse a melhor jogadora do Africano das Nações, em Janeiro de 2008, decorrido em Angola.
 
 
A técnica de relações internacionais e cooperação do Instituto Nacional de Estatística, Nair Almeida, falou da dificuldade em concretizar o projecto nesta altura de crise finaneira com que passa o país, e afiança que, sem ter recorrido a um financiamento bancário, parte do capital investido é fruto de seus rendimentos enquanto jogadora.
 
 
Diz que sempre teve consciência de quão curta é a carreira desportiva pelo que primou pela planificação da sua vida como atleta e como estudante, impondo rigor na gestão dos recursos financeiros.
 
 
A 7ª colocada do campeonato do mundo em França 2007 alertou ser importante que cada praticante do desporto tenha em conta a formação académica, bem como a criação de bases sólidas que o suporte após a reforma.
 
 
A vogal de direcção do departamento de andebol do 1º de Agosto diz que o antigo praticante será sempre um exemplo para a sociedade em que está inserido, sendo ela exemplo disto mesmo, a julgar pelas manifestações de carinho e reconhecimento por seu contributo no desenvolvimento do andebol e do desporto, em geral, no país.
 
 
 
 
 
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário