MPLA reconhece primeiros presidentes
09-09-2018 | Fonte: Angop

O VI Congresso Extraordinário do MPLA, realizado este sábado, em Luanda, reconheceu os dois primeiros presidentes da formação partidária, Ilídio Machado e Mário Pinto de Andrade. Nesse sentido, o conclave, segundo a sua resolução final, decidiu que o MPLA deverá homenagear, em tempo oportuno, as duas individualidades políticas, bem outras que estiveram na génese da formação política.


O MPLA passa a contar, assim, oficialmente, na sua história, com cinco presidentes, nomeadamente Ilídio Machado, Mário Pinto de Andrade, Agostinho Neto, José Eduardo dos Santos e, doravante, João Lourenço.


Ilídio Tomé Alves Machado foi o primeiro presidente do MPLA, até ser preso, em 1959, por actividades subversivas contra o regime português da altura.


Quanto a Mário Pinto de Andrade, tornou-se activista político, na década de 60, e exerceu o cargo de presidente do MPLA, entre 1959 e 1962 e o de seu secretário-geral, entre 1962 e 1972.


Por conta da prisão, Agostinho Neto foi presidente honorário do partido desde 1961, tendo assumido a liderança efectiva do MPLA em 1963, em Kinshasa, capital do então Zaire, hoje República Democrática do Congo (RDC).


Neto presidiu ao MPLA até à sua morte, em Setembro de 1979, mês em que José Eduardo dos Santos assumiu a liderança, que terminou no dia 8 de Setembro de 2018.


Doravante, os destinos do MPLA e de Angola estarão nas mãos de João Lourenço, o quinto presidente do partido e o terceiro da República.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário