Escolas de 250 milhões USD foram negociadas antes por 14 milhões
10-09-2018 | Fonte: VE

O Complexo escolar de 250 milhões de dólares, localizado na ‘Vida Pacifica’ no Zango Zero, afinal já tinha sido negociado por 14 milhões de dólares, soube o VALOR de fonte da antiga direcção do Ministério da Educação.


Segundo a fonte, os valores acertados há mais de quatro anos, com a chinesa CIF, seriam pagos em duas prestações, uma em 2014 e outra em 2015, tendo sido cabimenos inclusivamente nos orçamentos desses dois anos.


No entanto, aquando da entrega do complexo escolar ao governo de Luanda, em Agosto, a construtora chinesa apresentou um orçamento de 250 milhões de dólares.


Contactado, o Ministério da Educação respondeu que desconhece os valores envolvidos na operação, porque a escola se econtra sob a alçada do governo provincial. Este, por sua vez, através do director do gabinete da Educação, Narciso Benedito, avança que também desconhece os montantes, apesar de ter recebido o termo de entrega da obra.


Do lado do Ministério das Finanças, também não há conhecimento dos valores pagos à construtora chinesa, nem da sua origem, mas promete pronunciar-se sobre o assunto tão logo sejam apurados os meandros das negociações. “O Ministério das Finanças não compra escolas. Deve perguntar-se ao Ministério da Educação e ao governo provincial”, respondeu fonte do Ministério liderado por Archer Mangueira.


Depois de construído, o complexo, com três escolas, ficou três anos literalmente às ‘moscas’, porque a construtora exigia do Estado o pagamento de 250 milhões de dólares.


O complexo do Zango possui três escolas, uma primária com 38 salas; a do I ciclo, com 40 salas, e a secundária com 55 salas. Ao todo, tem capacidade para albergar quatro mil alunos. Foi inaugurado em Agosto pelo governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação