Costa aterrou em Angola sem gravata e de ganga e logo arranjou uma polémica
17-09-2018 | Fonte: Público

Costa chegou a Angola na manhã desta segunda-feira para uma visita de Estado muito aguardada depois de as relações entre os dois países terem andado por caminhos trocados. Costa aterrou no Aeroporto 4 de Fevereiro e abriu logo uma polémica nas redes sociais por causa da sua indumentária.


“É com grande satisfação, entusiasmo e profunda confiança no reforço das relações entre #Portugal e #Angola que aterrei esta manhã em Luanda para uma visita oficial”, anunciou António Costa na sua conta oficial no Twitter, o que originou vários comentários (a maioria) a criticar a escolha da roupa.


O texto era acompanhado por uma foto com Costa sobre a passadeira vermelha do aeroporto de Luanda ladeado pela guarda de honra militar e acompanhado pelo ministro das Relações Exteriores.


Só que o primeiro-ministro trajava uma camisa branca sem gravata, sob um blazer preto e calças de ganga. Uma indumentária pouco habitual numa visita de Estado que logo fez disparar críticas nas redes sociais, quer em Portugal, quer em Angola.


Mais tarde, na primeira paragem da visita, a deslocação ao Museu Militar, António Costa já vestia o tradicional fato e gravata, vestimenta que já usou em circunstâncias até menos adequadas, como para andar de bicicleta, lembrou-se nas redes sociais.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação